3334 Views |  1

O que é preciso para ser um estilista de sucesso hoje

Muita gente ainda acha que a função de um estilista é apenas desenhar croquis e fazer provas de roupas nas modelos. Mas a profissão vai muito além disso! Neste mercado cada vez mais competitivo, o estilista é o responsável por reproduzir o conceito de uma marca através
das roupas e acessórios. Ele precisa entender de modelagem, de tecidos, de cores, de fichas técnicas, de tendências e de materiais para conseguir destacar suas peças na coleção e, acima de tudo, desenvolver o olhar para que os produtos sejam sucessos comerciais.

marangoni09

Quem ingressa no mercado geralmente começa a carreira como assistente de estilo. Com o tempo, se torna estilista júnior e estilista. Após anos de experiência, ele pode se tornar estilista sênior, e com o sucesso de seu trabalho, coordenador de estilo ou diretor criativo. O coordenador supervisiona o trabalho de toda a equipe e a criação da coleção. Já o diretor criativo é o responsável pelo conceito da marca, criar os temas que guiam cada coleção e que vão se desmembrar em desfiles, campanhas, vitrines e toda comunicação da grife. Em outras palavras, para ter sucesso neste mercado você precisa ser um profissional completo e muito dinâmico!

Quem optar por não seguir carreira dentro de uma empresa pode sempre investir na própria marca ou trabalhar como freelancer ou consultor, criando coleções pontuais para as empresas e orientando a equipe de estilo.

Não faltam exemplos de estilistas bem sucedidos para nos inspirar! Entre os ex-alunos do Istituto Marangoni no Brasil estão Eduardo Pombal, diretor criativo da Tufi Duek, e Cris Barros, enquanto no exterior estão Domenico Dolce, Alessandra Facchinetti e Franco Moschino, só pra citar alguns.

Quer seguir os passos deles? Então veja os programas de pós-graduação , graduação e anual da instituição.