3479 Views |  4

Martha Medeiros, a estilista que levou a renda nordestina para o mundo.

De Alagoas para o mundo, a estilista Martha Medeiros é conhecida por seus vestidos de alta-costura feitos com rendas regionais e por transformar as técnicas ancestrais do sertão. Martha aprendeu a costurar ainda criança, quando passava as tardes com sua avó materna criando roupas para suas bonecas.

Foi em casa com sua avó onde aprendeu os primeiros pontos de renda. Fazer pé de gola, bolso faca e casas de botões… a brincadeira era levada a sério, suas bonecas vestiam desde pequenas peças feitas com primor, até vestidos de noivas.

Apaixonada por moda, Martha aos 18 anos começou a vender algumas peças customizadas por ela. Seu sonho era cursar faculdade de moda, mas sem o apoio de seu pai acabou ingressando na faculdade de Direito.

Depois de formada, Martha continuou criando suas peças de roupas em casa, ao mesmo tempo em que começava uma carreira como bancária no Banco do Brasil. Suas criações eram incríveis e caíram no gosto das amigas e colegas de trabalho. Uma vez independente, pediu transferência do banco para São Paulo e foi investir em seu talento e estudar moda no Senac.

Se formou pela segunda vez, dessa vez no que amava, e voltou para Maceió em 1985 quando abriu sua própria multimarcas chamada Martha’s Boutique, que vendia peças das grifes Patachou, Renato Loureiro e Andrea Saletto. Atenta, a estilista percebeu que o desejo das clientes de comprar roupas era mais rápido que o ritmo de entrega das fábricas para sua loja. Assim, viu nisso uma oportunidade de adicionar novas peças nas araras e foi atrás das rendeiras da região. Suas criações desde o início foram um sucesso, eram as primeiras a esgotar na loja.

A fama da rendeira chique se espalhou rapidamente e suas peças começaram a ficar conhecidas no Brasil. Vendeu muito suas coleções para multimarcas, até que em 2007 abriu uma loja própria na capital alagoana. Martha fez muito sucesso com seus vestidos de noite e concretizou sua carreira vestindo noivas, ao participar do evento Casar, em São Paulo, o que a permitiu expandir seu negócio para a capital paulistana, abrindo sua primeira flagship nos Jardins, em 2009.

Em 2011 expôs seu trabalho em um museu dedicado à renda, em Calais, na França, ao lado das grandes maisons da moda como Yves Saint Laurent, Dior e Givenchy. Suas criações tem um DNA forte e hoje são referência e resgatam o valor da renda como matéria-prima. Martha Medeiros sem dúvidas está levando o artesanato brasileiro para o mundo, e suas rendas feitas à mão tem conquistado cada vez mais espaço na moda internacional.